Arquivo para categoria Preconceito

AmorFobia?

Algo que as redes sociais tem me mostrado mais a cada dia, é como as pessoas são (ou estão?) preconceituosas e intolerantes. Disseminar ódio virou moda. Parece até que acham bonito!

Eu perco a fé na humanidade quando vejo líderes religiosos fazendo vídeos preconceituosos e ao mesmo tempo falando de Deus. Que família é macho e fêmea, por exemplo. Até onde eu sei, existem algumas passagens na bíblia assim “Não julgueis, para que não sejais julgados.”. Também tem aquela outra “não façais o que não queiras que os outros façam a ti.”. A bíblia desses líderes tem essas passagens, mas melhor fechar os olhos. Preferem sair boicotando marcas que apoiam movimentos a disseminar amor no mundo… É uma pena!

Respeito às religiões, todas. Acredito que existam pessoas que sigam a mesma crença desses líderes, mas que enxergam de uma forma diferente. Por que não? Sou espírita, mas isso não quer dizer que eu abaixo a cabeça pra tudo o que ouço nas palestras que assisto. Tiro o melhor delas e sigo meu caminho que é de paz e luz. Como lutar por um mundo sem desigualdades se até mesmo a religião quer segregar?

 

As maiores marcas do mundo apoiam o amor sem diferenças. Facebook, Google, YouTube, Microsoft, Dell, Apple, Motorola, Amazon, Nike, Coca-Cola, etc. Se for pra boicotar marcas, parem de utilizar todas. Não utilizem as redes sociais; Não comprem calçados, roupas e acessórios dessas marcas; Não tenham mais acesso à internet. Vídeo no YouTube que é uma marca que apoia o movimento LGBT? Por favor, né! Nem pensar.

Já existem tantas formas de preconceitos… Raciais, Sociais, Sexuais, etc. Será que estamos entrando na “era” do preconceito do Amor? E assim que nasce o AMORFOBIA!

 Salve-se quem puder!

, , , , ,

Deixe um comentário

Enquete – Conceito de Núcleo Familiar

Existe no site da Câmara dos Deputados uma série de enquetes que podem ser respondidas por qualquer cidadão. Pois bem! A que me chamou atenção foi a seguinte: “Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família?”. Segundo a Câmara dos Deputados o objetivo é avaliar se os cidadãos são favoráveis ou contrários ao conceito incluído no Projeto de Lei 6583/13, do deputado Anderson Ferreira (PR-PE), que cria o Estatuto da Família.

Segundo o dicionário Michaelis, o conceito de família é: “Pessoas do mesmo sangue ou não, ligadas entre si por casamento, filiação, ou mesmo adoção, que vivem ou não em comum; parentes, parentela.”. No caso o tal “Núcleo familiar”, ao meu entender, seriam as pessoas “responsáveis” pelo grupo familiar. Quem tem “autoridade” perante aquele grupo de pessoas.

Partindo deste princípio, este tal Núcleo Familiar do Projeto está sem pé nem cabeça. Se inclusive o casamento entre pessoas do mesmo sexo já foi legalizado (com “N” restrições e diferenças, mas enfim), como cria-se um Projeto desses deixando claro que o Núcleo Familiar se dá a partir da união entre homem e mulher? Como diz aquela frase “Dois homens não fazem filho, mas adotam o que um homem e uma mulher abandonaram.”.

No momento em que estava escrevendo este post, dos 3.958.782 votos dentre as três opções de resposta, o resultado estava da seguinte forma:
– Não = 1.977.558 votos, equivalentes a 49,95%;
– Sim = 1.968.667 votos, equivalentes a 49,73%;
– Não tenho opinião formada = 12.557 votos, equivalentes a 0,32%.

Esta enquete está ativa no site desde o dia 11/02/2014 e pode ser acessada através do link (http://www2.camara.leg.br/agencia-app/listaEnquete). O Deputado criador deste Projeto argumenta que “a família vem sofrendo com as rápidas mudanças ocorridas em sociedade”. Aí eu pergunto, quem está sofrendo são as famílias ou é o preconceito que ainda acerca o nosso país?

Eu sinceramente gostaria que as pessoas repensassem sobre alguns parâmetros religiosos e culturais. Nascemos em famílias que já vem com alguns costumes e pensamentos formados. Vivemos em uma sociedade em que a mídia é controladora e as pessoas ficam alienadas. É difícil mudar de opinião e dizer SOU CONTRA depois de ter passado todos esses anos da sua vida sendo a favor! Eu passei por isso… Todos passamos. Todos crescemos e estamos aqui para evoluir. Vamos ajudar a mudar este cenário! Vamos fazer um mundo mais igualitário sem se importar com opção sexual, credo ou classe social. Responda a enquete!

DIGA NÃO AO PRECONCEITO! Conceito de Núcleo Familiar é mais que Homem e Mulher, é algo tão lindo que se resume em apenas uma palavra: AMOR.

, , , , ,

Deixe um comentário

É preconceito SIM

Para a maioria da classe privilegiada, o direito (quase nulo) da minoria nunca é sinal de preconceito. É tudo “bobagem” e “coisa de quem não tem mais o que fazer”. A questão é que o preconceito existe sim, sempre existiu e eu espero que um dia ele acabe.

A série “Sexo e as negas” do Miguel Falabella não é racista; a declaração de Levy Fidelix no último debate presidenciável não foi homofóbica; o Bolsa Família é coisa pra vagabundo que não quer trabalhar. Essa é a visão da maioria da classe privilegiada.

Fico pensando se todos pudéssemos passar algum dia pela experiência de vida dessas pessoas. Um único dia, para que pudéssemos sentir na pele o que é ser humilhada com assédio moral constante, piadinhas sem graça, etc. Como diz aquele velho ditado, pimenta nos olhos dos outros é refresco!

É muito fácil chamar negro de preto, gay de viado e pobre de vagabundo. Você não sabe como é. E ainda por cima diz “ah, fulanx não se importa com as “brincadeiras””. Será mesmo que não se importa? Você se importaria se tivesse na pele dele? Brasileiro é muito comediante, faz comédia com tudo mesmo.

Respeito! Acho que todos temos que ter respeito para recebê-lo de volta. Se não for por amor, que seja pela dor. Que essas pessoas sejam punidas pela justiça e aprendam a lição.

, , ,

Deixe um comentário

Maledicência e Racismo

É natural vermos imagens e vídeos sendo postados frequentemente nos aplicativos de celulares/redes sociais, etc. e é incrível como estes se tornam “populares” quando denigrem a imagem de alguém. Parece que cada vez mais as pessoas tem “prazer” em rir dos outros e espalhar a maledicência no mundo.

Recentemente foram publicadas algumas matérias na mídia a respeito de um casal da cidade de Muriaé-MG que divulgou algumas de suas fotos em suas redes sociais. Fotos normais de um casal, abraçados, felizes, como qualquer outro. Acontece que alguém (ou um grupo de pessoas, está sendo investigado ainda), criou uma comunidade no facebook com o nome “Dóris Nescau – 3.0 pq o 2.0 noix bebeu”. Por que este nome? Acredito eu que seja porque a moça é negra e o rapaz tem pele clara. Pior que isso é ver o print da página onde existem 330 curtidas. Racismo é crime! Usar a imagem de outras pessoas sem autorização é crime!

Até onde as pessoas podem chegar pelo simples prazer de denegrir a imagem de alguém?

Este é um dos casos em que foi denunciado à polícia e eles estão investigando, mas quantos outros existem? Quantas pessoas nesse momento estão se sentindo mal por conta dessxs agressorxs?

Tomara que encontrem quem criou a página e que punam também quem curtiu! É obrigação de cada um de nós denunciar esse tipo de página. Isso é CRIME. Para denunciar, basta entrar no site da Polícia Federal: http://denuncia.pf.gov.br/ . Se cada um fizer a sua parte, podemos criar uma sociedade melhor.

Deixe um comentário