Arquivo de junho \18\UTC 2015

Amamos os animais!!! Será?!

É natural hoje as famílias dividirem os espaços das suas casas ou até mesmo apartamentos com seus pets (animais de estimação). São cachorros, gatos, coelhos, pássaros, peixes, tartarugas, roedores, e por aí vai! Também faço parte dessa população, mas tenho feito algumas reflexões a este respeito.
 
Há três anos tenho uma York Shire. Obviamente que não me arrependo de tê-la comigo, mas não compraria mais nenhum animal. Assim como não apoio esses canis que vendem animais (na época, não pensava deste jeito). O processo de procriação é terrível. A fêmea é submetida a várias crias. Ter um pet pra te fazer gerar renda é algo correto? Eu não acho! Por isso, não apoio. O amor de um animalzinho sem raça definida é o mesmo e existem vários aguardando um lar.
 
Diariamente convive-se com esses animaizinhos e é dado o maior amor do mundo pra eles, mas e os demais? Os bois, as vacas, os porcos, as galinhas…? Se formos pensar, estamos colaborando pra esse mercado de maus tratos. Um matadouro de gado é horrível de se ver, a forma com que eles são abatidos; A superprodução de leite retirados das vacas também; Uma granja onde separam os pintinhos machos das fêmeas e matam a maioria dos machos porque eles não gerarão lucros é péssimo. Por que amar tanto uns e colaborar para os maus tratos de outros?

O corpo necessita de proteínas, é fato. Porém, existem os alimentos de origem vegetal que são ricos em proteínas, como os legumes, o feijão, as lentilhas, a soja ou o grão-de-bico. Reeducação alimentar. Aos poucos… Ir evitando até que se consiga atingir a meta de dizer não aos maus tratos. Porque se for pra defender a causa, temos que ter argumentos e agir de acordo.
 
Parece idiotice, mas não é. Assim como não é fácil também.  Milhares de animais são mortos das formas mais cruéis diariamente para alimentar pessoas. E nós, não vegetarianos/veganos, temos culpa nisso também.
 
Quero tentar! Sem pressão, apenas com a consciência e coração.

, ,

2 Comentários

AmorFobia?

Algo que as redes sociais tem me mostrado mais a cada dia, é como as pessoas são (ou estão?) preconceituosas e intolerantes. Disseminar ódio virou moda. Parece até que acham bonito!

Eu perco a fé na humanidade quando vejo líderes religiosos fazendo vídeos preconceituosos e ao mesmo tempo falando de Deus. Que família é macho e fêmea, por exemplo. Até onde eu sei, existem algumas passagens na bíblia assim “Não julgueis, para que não sejais julgados.”. Também tem aquela outra “não façais o que não queiras que os outros façam a ti.”. A bíblia desses líderes tem essas passagens, mas melhor fechar os olhos. Preferem sair boicotando marcas que apoiam movimentos a disseminar amor no mundo… É uma pena!

Respeito às religiões, todas. Acredito que existam pessoas que sigam a mesma crença desses líderes, mas que enxergam de uma forma diferente. Por que não? Sou espírita, mas isso não quer dizer que eu abaixo a cabeça pra tudo o que ouço nas palestras que assisto. Tiro o melhor delas e sigo meu caminho que é de paz e luz. Como lutar por um mundo sem desigualdades se até mesmo a religião quer segregar?

 

As maiores marcas do mundo apoiam o amor sem diferenças. Facebook, Google, YouTube, Microsoft, Dell, Apple, Motorola, Amazon, Nike, Coca-Cola, etc. Se for pra boicotar marcas, parem de utilizar todas. Não utilizem as redes sociais; Não comprem calçados, roupas e acessórios dessas marcas; Não tenham mais acesso à internet. Vídeo no YouTube que é uma marca que apoia o movimento LGBT? Por favor, né! Nem pensar.

Já existem tantas formas de preconceitos… Raciais, Sociais, Sexuais, etc. Será que estamos entrando na “era” do preconceito do Amor? E assim que nasce o AMORFOBIA!

 Salve-se quem puder!

, , , , ,

Deixe um comentário

Senso Crítico

Nos últimos anos tenho percebido que a sociedade tem se tornado mais crítica. Boa parcela disso se deve Às redes sociais. A informação – certa ou não – tem chego muito facilmente às mãos da população. Isso é muito positivo, quando se leva em conta o senso crítico.

Essas duas simples palavras devem ser essenciais para uma boa opinião/argumento. Senso crítico é “a capacidade de questionar e analisar de forma racional e inteligente.”. Partindo dessa definição, há quem diga que se deve sempre buscar a verdade. Porém, sigo a teoria de Nietzsche em dizer que não existem verdades absolutas.

SensoCritico

As informações nem sempre são repassadas de uma forma coerente pela mídia e muitas pessoas usam delas para disseminar ódio, seja ele em forma de preconceito, agressão, etc. O Brasil é um país violento e por muitas vezes eu, particularmente, deixo de fazer uma análise crítica sobre algo por receio do que aquilo pode gerar. Tenho melhorado. Levo comigo o entendimento de que o meu espaço termina onde começa o do outro e, infelizmente, o simples fato de discordar pode se tornar algo horrível.

Pessoas são diferentes. Socializaram-se de formas distintas. Nasceram em regiões e com culturas e até mesmo políticas diferentes. Por isso, devemos sim refletir sobre o que nos é exposto. Perguntar, discordar, entender o embasamento que a pessoa teve para chegar àquelas conclusões. Quem escreve notícias, reportagens, atualidades é uma pessoa como nós. Ela talvez desconheça o nosso ponto de vista e nós desconheçamos o dela. É uma troca de experiências e teorias. Quem escreve foca num determinado objetivo e talvez não tenha nada a ver com a sua realidade.

Por isso, vamos questionar! Vamos pôr em prática nosso senso crítico. Podemos nem conhecer o que estamos lendo, mas o que nos impede? Vamos conhecer, abrir horizontes e linhas de raciocínios diferentes. Por que não discordar?

Só não se esqueça do senso crítico. Achismos te levarão a qualquer lugar, ou onde te apresentarem, o que o torna indiferente. Questionar e analisar de forma racional e inteligente é que fará toda a diferença.

, , , ,

Deixe um comentário